• Por José Eduardo Rendeiro

  • Compartilhe

  • 19/08/2016

  • 701 Visualizações

Plataforma BIM

BIM e o Projeto Sustentável

structutre
Com um forte apelo econômico, o projeto sustentável veio para ficar, pronto para a integração com o BIM.
.

Em 2016, a receita da indústria verde e sustentável na construção civil deve chegar a $ 245.400.000.000, de acordo com projeções feitas pela empresa de pesquisa de mercado IBISWorld em 2011. Muitos tipos de projetos e atividades de construção vão impulsionar a demanda para a construção de edifício verde, da forma como proprietários, desenvolvedores e órgãos reguladores enfatizam cada vez mais a proteção ambiental, conservação de energia e redução de custos.Sustentabilidade de um edifício depende de vários fatores, tais como a eficiência energética, qualidade do ar e da água e seleção de material. O impacto ambiental da construção civil é surpreendente. De acordo com o Departamento de Eficiência Energética da Energia e da rede de Energia Renovável dos EUA, a indústria da construção é responsável por 30 % das emissões de gases de efeito estufa do país e 136 milhões de toneladas de resíduos de construção e demolição. Esta indústria também é responsável por até 40 % do consumo energético do país e consome 12% do total das fontes de água doce do país.

 
 

Custo da Sustentabilidade no Projeto
A necessidade de sustentabilidade na construção é urgente. A fim de construir um prédio sustentável, os arquitetos e engenheiros precisa primeiro desenvolver um projeto sustentável. No entanto, projetos sustentáveis ​​precisam ser justificados para as partes interessadas. As duas considerações mais importantes são os impactos econômicos e ambientais. Enquanto a sustentabilidade é importante, ela tem que ser viável. O projeto sustentável só é conseguido quando se tem um impacto positivo sobre ambas as áreas .

Sustentabilidade no projeto requer atenção a vários fatores, tais como infraestrutura civil, projeto do terreno, projeto arquitetônico e sistemas de construção. Embora a sustentabilidade tenha implicações em toda a vida de um edifício, os arquitetos, engenheiros e desenvolvedores precisam ser sensíveis do valor adicionado ao seu investimento.

O uso da tecnologia de modelagem de informações de construção (BIM) pode revelar-se extremamente útil na continuidade destes objetivos. O BIM, juntamente com o apoio da tecnologia adequada, pode, potencialmente, reduzir o custo de um projeto sustentável. Isto é possível porque o BIM permite que a informação seja facilmente acessível para o projeto, análise e certificação.

 
Benefícios do Uso de BIM para o Projeto Sustentável
O BIM permite que os arquitetos criem um modelo digital ou protótipo antes que a construção propriamente dita começea. Como tal, a utilização do BIM oferece vários benefícios ao se criar a concepção de construção sustentável. A seguir estão as três principais vantagens do uso do BIM para o projeto sustentável:

  • Melhor tomada de decisão. Durante o processo de concepção de um edifício, os arquitetos devem considerar várias opções e ter informações suficientes para escolher uma. O BIM permite que os arquitetos criem e estudem várias opções dentro de um único modelo. As opções podem ser ativadas ou desativadas para análise e, em seguida, incluída ou descartada de acordo com a decisão do projeto.
  • Melhor análise. Devido aos gráficos de alta resolução, qualidade dos detalhes e uma interface de modelagem 3D, o BIM ajuda a criar um modelo virtual preciso de um projeto de construção sustentável. Este modelo pode ser muito útil para fazer diferentes tipos de análise, como a quantificação e detecção de conflitos. Por ser rápido, fácil e de baixo custo criar um modelo 3D usando o BIM, arquitetos muitas vezes criar várias alternativas e as comparam para selecionar o projeto sustentável mais adequado para um projeto de construção. Simplificando, o uso efetivo do BIM permite que os projetistas e arquitetos analisem como um edifício sustentável seria, mesmo antes que a construção propriamente dita comece.
  • Acesso mais fácil à informação. O uso de um modelo de projeto baseado em BIM garante que os arquitetos e projetista obtenham acesso fácil às informações necessárias para a criação de um projeto sustentável. O modelo BIM utiliza ferramentas sofisticadas de softwares que permitem um rápido processamento de informações e facilidade nas revisões. Com o BIM, pode-se facilmente avaliar a quantidade de material de construção necessária para concluir um projeto ou acessar qualquer outra informação necessária.
  • Simplifica a Certificação. Um modelo baseado em BIM inclui todas as informações necessárias para os vários aspectos de um projeto sustentável. Ele permite a criação de detalhes que  melhoram a precisão da certificação verde. Como o modelo também permite o rastreamento automático de materiais de construção e suas quantidades, ele pode indicar o quanto o material é usado para reutilização ou reciclagem.

Além disso, o uso do BIM ajuda a estabelecer um ponto único de contato para os diferentes participantes de um projeto. Isto pode ser muito útil quando se trata de execução de um projeto sustentável de forma eficaz. De acordo com um relatório da McGraw-Hill Construction, o tamanho do mercado de construção verde dos EUA pode chegar a 135 bilião dólares até 2015.  

.

Agora talvez seja o melhor momento para adotar BIM para projetar e implementar projetos de construção sustentável .

.

Fonte: BIM and Sustainable Design 
Tradução e adaptação: Arq. José Eduardo Rendeiro

Revit Estructure

Sobre o Autor

  • José Eduardo Rendeiro

    Arquiteto formado pela Universidade Mackenzie com atividades em escritórios de arquitetura e construções, além de projetos próprios. Trabalha com Autocad, Sketchup e Revit e dá suporte e produz conteúdo para Cursos Construir além de traduzir e escrever artigos de Arquitetura e Plataforma BIM para blogs específicos.

Compartilhe este Post:

Pinterest Google+ Facebook Twitter Addthis

Envie seu comentário: