• Por José Eduardo Rendeiro

  • Compartilhe

  • 24/08/2016

  • 616 Visualizações

Plataforma BIM

Como Arquitetos e Engenheiros podem trabalhar em conjunto com o BIM na Nuvem

structutre

Arquitetos e engenheiros (estrutural, mecânica, elétrica e hidráulica – MEP ) sempre enfrentaram uma tarefa difícil na coordenação de suas diversas disciplinas durante a concepção de um projeto de construção. Cada disciplina tem uma perspectiva e as diferentes prioridades que devem ser refletidas no edifício acabado. Para fazer tudo funcionar, a colaboração entre arquitetos e engenheiros é fundamental.

Graças a Modelagem de Informações de Construção (BIM) 3D nas fases de concepção, estão mudando a documentação com base as fases do projeto tais como, projeto conceitual, projeto esquemático, desenvolvimento do projeto e documentação da construção para uma abordagem mais colaborativa, baseado em modelo. Dessa forma, todas as disciplinas podem fazer contribuições no início do processo de projeto, quando decisões importantes como a orientação da construção e a seleção dos principais materiais de construção precisam ser feitos.

 
A curva projeto feita por BuildingSMART e HOK e ilustrada abaixo salienta que a mudança decisões acima no processo usando BIM controla os custos, reduzindo as mudanças de projeto no campo e, na verdade, reduzindo as pendências. Se todas as disciplinas e as partes interessadas concordam com as decisões no início, alterações caras não acontecem no campo.
 

Usando ferramentas de projeto, como o Revit e ambientes colaborativos disponíveis a partir de produtos baseados em nuvem, as equipes de projeto podem atualizar modelos 3D em tempo real; discutir interações de projeto; fundir modelos estruturais, MEP e arquitetônicos e eliminar todos os conflitos no início da fase de concepção. O uso do BIM na nuvem ajuda os engenheiros e arquitetos a colaborar mais facilmente e de forma mais oportuna.

 

HKS, uma empresa de arquitetura em Dallas, agora coordena e planeja a maioria de seus projetos com toda a equipe do projeto no  HKS Virtual Theater, um espaço colaborativo de 864 metros quadrados, com três estações de trabalho e uma tela de projeção de 10 x 20 metros. Os projetos recentes, como o Carl R. Darnall Army Medical Center foram projetados no teatro virtual usando o Revit e Navisworks, com mais de 40 membros da equipe do projeto, incluindo subcontratados, emprestando seus conhecimentos em um processo de projeto colaborativo e de fluxo livre. O BIM Cave (ambiente visual auxiliado por computador), assim como o  HKS Virtual Theater são de praxe para a maioria dos projetos federais.

Revit Estructure
Ao realizar MEP, estrutural e detecção de conflitos externos, os arquitetos, engenheiros e empreiteiros estão resolvendo problemas que ainda são uma parte de um modelo 3D juntos na mesma sala e não no campo, onde ocorrem os conflitos reais.
 
 
Mas como empresas pequenas pode colaborar seus projetos sem ter que fazer um investimento caro de uma BIM Cave e sem quebrar o orçamento?
“Os serviços em nuvem permitem colaboração semelhante através da web, de modo que mesmo que  sua equipe de projeto apresente arquitetos e engenheiros em cinco cidades diferentes e está trabalhando em um projeto cujos proprietários vivem em Dubai, você ainda pode realizar a detecção de conflitos e tomar decisões de projeto juntos e no tempo certo através da web. Um serviço, o Autodesk 360, pode armazenar arquivos de até 5 GB, e permite o acesso, visualização, edição e compartilhamento de qualquer lugar, bem como processamento em nuvem. De modo que uma nova renderização que você está trabalhando não vai ocupar metade do seu uso de computação para o dia.
Como a colaboração na construção continua a se mover a partir do desktop para a nuvem, uma grande democratização da entrega projeto será realizado, com reuniões e idas para o local substituídos por colaboração on-line sobrando tempo para se estar em casa a tempo para o jantar. O BIM não será o domínio de uma empresa com o maior orçamento de tecnologia, mas é o grande facilitador de projeto de qualquer tamanho de empresa trabalhando na nuvem.
Há muitos mais benefícios para mover as decisões no projeto colaborativo, se no início do processo, como pré fabricação de componentes de construção com segurança em uma fábrica, em vez do ambiente desleixado do canteiro de obras; encomenda de aço estrutural ou de concreto, para que ele possa ser sequenciado para uma entrega mais rápida e menos dispendiosa e permitir que os empreiteiros gerais realizem quantificações mais precisas desde o início do processo para garantir um inventário mais preciso de produtos de construção a preços melhores.
Se você está curioso sobre como BIM e a nuvem pode trabalhar para você, não há melhor momento para aprender BIM e realmente começar a trabalhar em colaboração com os seus pares.
 
E você já está trabalhando com BIM na nuvem?

Fonte:
Collaboration: How Architects and Engineers Can Work Together with BIM in the Cloud

Tradução e adaptação:  Arq. José Eduardo Rendeiro

Sobre o Autor

  • José Eduardo Rendeiro

    Arquiteto formado pela Universidade Mackenzie com atividades em escritórios de arquitetura e construções, além de projetos próprios. Trabalha com Autocad, Sketchup e Revit e dá suporte e produz conteúdo para Cursos Construir além de traduzir e escrever artigos de Arquitetura e Plataforma BIM para blogs específicos.

Compartilhe este Post:

Pinterest Google+ Facebook Twitter Addthis

Envie seu comentário: